Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Matutuine recupera 12% dos cerca de 300 milhões de meticais de empréstimos

As mulheres produtoras do distrito de Matutuine estão na dianteira no reembolso de empréstimos concedidos pelo Fundo de Apoio à Iniciativa Local, vulgo “sete milhões de meticais”, segundo o balanço recentemente feito pelo Conselho Consultivo daquela região da província meridional de Maputo.

Entre 2006 e primeiro trimestre de 2012, a taxa de reembolso foi de 12% dos cerca de 300 milhões de meticais concedidos em forma de empréstimo em Matutuine “e desta taxa maior parte são mulheres”, realçou o administrador de Matutuine, Avelino Muchine, ajuntando que o incitamento ao não reembolso dos empréstimos está ligado “a tentativas dos seus parceiros em travar o empoderamento da mulher aqui em Matutuine, devido a questões tradicionais”.

Muchine considerou, entretanto, a taxa de reembolso muito baixa, “mas todo esforço vai continuar a ser feito para mudarmos a atitude da classe empresarial local”, afiançou ele, falando em entrevista ao Correio da manhã.

Os agentes económicos da área do Comércio têm vindo a fazer mais pedidos de financiamento ao Fundo de Apoio a Iniciativas Locais, seguidos por empreendedores das áreas de Agropecuária e Pescas.

Avelino Muchine falava ao jornal à margem dum encontro de mobilização da população de Matutuine para um maior envolvimento da mulher rural local nos processos de governação local, evento promovido pelo Fundo de Desenvolvimento da Comunidade (FDC), cuja patrona é Graça Machel.

No encontro também participou o director executivo da FDC, Narciso Matos.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!