Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Matricular na UEM custa mais do que dinheiro

Decorrem desde dia 9 do mês corrente, matrículas na maior instituição do ensino superior em Moçambique, UEM, Universidade Eduardo Mondlane. Os concorrentes admitidos, para o ingresso naquela instituição, no presente ano lectivo, têm a sua admissão como uma vitória que lhes reserva mais luta, pois o ingresso não custa apenas a admissão, mas também dinheiro e tempo para muitas bichas longas, quase insuportáveis, talvez desnecessárias.

Os valores da matrícula subiram 400%, subida esta que no Primeiro Semestre deste ano é válida somente para os novos ingressos e, a partir do Segundo Semestre será válida para todos os estudantes, por razões talvez claras mas não devidamente divulgadas.

Com as subidas registadas, as inscrições passam a custar 420.00MT por disciplina, isso para disciplinas semestrais e 840.00MT por disciplina, já para disciplinas anuais, além de 720.00MT referentes ao pagamento do Boletim de Matrícula, Cartão de Estudante e regulamento Pedagógico, 600.00MT referentes ao pagamento da taxa de matrícula e uma variação entre 2.500.00MT e 5000.00MT da primeira mensalidade, os dois últimos para pós-laboral.

Depois de conseguirem esses valores, todos os concorrentes admitidos submetem-se ao investimento do tempo para formarem um número sem fim de longas bichas, isso porque os pagamentos são feitos via banco em diferentes contas e em diferentes bancos de acordo com os destinos dos valores conforme as descrições, taxa de matrícula para uma conta bancária, inscriçãoo por disciplina para outra conta bancária, boletim de matrícula numa outra conta, assim sucessivamente, onde as bichas para os depósitos são longas quando chegam esses dias e, os bancos em causa são BIM e BCI.

As bichas não terminam só nos bancos, onde são feitos os depósitos dos valores exigidos, elas continuam na instituição para entrega dos comprovativos de pagamentos, que são os talões de depósito e no preenchimento de impressos, não bastando isso há ainda que se aguardar em bicha recebimento dum documento denominado ‘Comprovativo de Matrícula’, não posso chamar de recibo porque nele não vem escrito nenhum valor, acompanhado de um outro de Registo Académico, outra bicha é para tirar uma fotogarfia tipo passe para Cartão de Estudante.

Outras bichas formadas fora do palco das matrículas e inscrições, mas pela mesma razão, são de reunir os documentos necessários para o ingresso, como certidão de nascimento, fotos para o processo do Estudante, etc.

É um exercício cansativo, não é? É apenas o início de tudo, não vale a pena se cançar senhor estudante, ainda vêm aulas e os custos lhe aguardam ao longo da sua estadia na universidade. Nem é esperar para ver, é esperar para viver os acontecimentos.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!