Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Massangena: milho apodrece por falta de mercado

Parte considerável do milho produzido no distrito de Massangena, província de Gaza, Sul de Moçambique, está a deteriorar-se nas mãos dos camponeses devido a falta de mercado ideal para a sua comercialização. Os camponeses podiam vender o seu milho no mercado local, mas tal não acontece porque eles não concordam com o preço imposto pelos agentes económicos locais que, segundo alegam, não compensa os custos de produção.

 

 

Os agentes económicos daquele distrito aceitam comprar um quilograma de milho ao preço de seis meticais (perto de 16 cêntimos do dólar americano), valor rejeitado pelos camponeses que apenas aceitam a proposta de 10 meticais.

Face a esta situação, o governo distrital decidiu negociar com alguns comerciantes de modo a os persuadir a adquirir o milho em causa, para a sua posterior venda para as centenas de famílias ora a braços com uma grave situação de fome em algumas localidades deste distrito como Chitlumane, Mapanhe, Chizumbane e Muzamane.

Segundo o Administrador de Massangena, Virgílio Pene, estas localidades são caracterizadas por secas cíclicas e com solos pobres para a prática da agricultura, apesar de serem ricas para a criação de gado bovino e caprino.

Por outro lado, Pene disse que as autoridades locais estão a procurar mobilizar fundos necessários para a construção de um celeiro distrital para o aprovisionamento de cereais como milho, mapira e meixoeira.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!