Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Maria da Luz Guebuza em Bruxelas para falar da dignidade da mulher

A Primeira-Dama de Moçambique, Maria da Luz Guebuza, chegou hoje a Bruxelas para uma visita de trabalho de seis dias ao Reino da Bélgica. Durante a visita, a Esposa do Presidente da República irá participar no XXI Fórum Crans Montana, que no seu encontro deste ano vai dedicar especial atenção a assuntos relacionados com o continente africano.

Falando a imprensa sobre esta visita, a directora do Gabinete da Primeira- Dama de Moçambique, Flávia Cuereneia, explicou que este encontro irá discutir aspectos ligados a dignidade da mulher, bem como a proposta da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) em criar um Instituto da Dignidade da Mulher.

A delegação moçambicana irá igualmente apresentar e discutir as suas experiências na componente da emancipação da mulher e os progressos registados na promoção da educação da rapariga. “Nós entendemos que a mulher foi sempre foco de desenvolvimento de Moçambique. Temos a mulher presente no Parlamento, no Governo, nas escolas, temos diversas organizações feministas… portanto, em Moçambique não existem complexos em relação a mulher, ela não tem problemas de se situar”, disse Cuereneia. Segundo ela, a UNESCO terá decidido discutir este tema porque pretende contribuir para a integração da mulher em Africa (“que foi sempre considerada secundária”) no processo de desenvolvimento do continente.

Ainda nesse fórum, Maria da Luz Guebuza, que é convidada de honra na qualidade de Prémio da Fundação Crans Montana 2009, vai intervir abordando o tema “Africa e a Crise Mundial: perspectivas da cooperação Sul-Sul para o futuro”. Moçambique irá também participar neste fórum através da Ministra do Ambiente, Alcinda Abreu, que será oradora numa sessão sobre “A cooperação Sul-Sul como uma nova ferramenta para a cooperação internacional de Africa: Que espaço para a União Africana”, a acontecer na próxima Sexta-feira.

Dentre as várias actividades a cumprir durante a sua estada na capital da União Europeia, Guebuza irá também visitar a Universidade de Ghent e o Palácio do Parlamento Europeu, além de se encontrar com a comunidade de naturais e amigos de Moçambique residentes na Bélgica. A Crans Montana é uma organização internacional suíça criada em 1986 com o objectivo de promover a cooperação internacional e contribuir para o crescimento global, assegurando um alto nível de estabilidade, igualdade e segurança. Ano passado, esta organização premiou a Primeira-Dama moçambicana e o seu Esposo (o Presidente Armando Guebuza) em reconhecimento do seu trabalho para o desenvolvimento do país.

Na mesma cerimónia de 2009 (em que esteve presente Maria da Luz Guebuza), foram distinguidas outras personalidades mundiais como a Rainha de Bahrein, Sheika Sabeeka bint Ibrahim Al Khalifa, o Presidente norte-americano, Barack Obama, e os Primeiros-Ministros da Turquia, Rama Yade, e do Luxemburgo, Recep Tayyip Erdogan.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!