Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Ocorrências

Maputo

Dois presumíveis ladrões foram quinta-feira linchados no bairro da Matola-Gare, província do Maputo, após terem sido surpreendidos pelos residentes da zona a tentar roubar cabritos numa quinta na companhia de outros dois indivíduos que escaparam. Segundo Joaquim Selemane, porta-voz da Polícia na área, as duas vítimas foram posteriormente abandonadas ainda com vida nas margens do rio Matola, tendo morrido quando as autoridades os transportavam para uma unidade sanitária. O porta-voz da Polícia condenou a atitude dos residentes, afirmando que é errado fazer-se justiça pelas próprias mãos numa sociedade em que existem instituições para o efeito.

Três pessoas morreram, entre a manhã de quinta-feira e de sexta-feira, nos Serviços de Urgência do Hospital Central de Maputo (HCM), num universo de 433 pacientes que deram entrada naquele período. Os três óbitos registaram-se separadamente nos três turnos que funcionam dentro de 24 horas e foram causados pela deterioração do estado de saúde com que as vítimas deram entrada, de acordo com Arlindo Mahumane, chefe da equipa médica em serviço na manhã de ontem. Do universo dos pacientes atendidos nas 24 horas, destacam-se dez vítimas de acidentes de viação e outros dez de agressões físicas para além de 34 doentes que sofriam de asma.

Um jovem desempregado de 21 anos de idade encontra-se detido desde a noite de quartafeira acusado de ter violado sexualmente uma menor de 12 anos no bairro da Liberdade, no Município da Matola, província de Maputo. Segundo Juarce Martins, porta-voz da Polícia, o suposto violador reside em Mahlampsene, mas o crime ocorreu na residência dos pais da vítima, que foi aliciada por doces e gelinhos. A fonte acrescentou que o indiciado poderá ser condenado a uma pena de prisão de até 12 anos pelo crime de violação sexual a uma menor de idade.

Foi ontem entregue aos pais o bebé de 16 meses desaparecido na tarde de quarta-feira no bairro da Malanga, cidade de Maputo, instantes após ter sido visto a brincar com outras crianças, incluindo uma menor estranha de aparentemente 13 anos de idade. Segundo a mãe, Suzana Andorinho, o bebé, um menino, foi encontrado por uma mulher na noite de quinta- feira a brincar sozinho no círculo de Chamanculo, uma zona próxima. A mãe acrescentou que a criança estava de boa saúde.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!