Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Maputo e Matola ganham novo festival de dança

“Não é o ritmo nem os passos que fazem a dança, mas a paixão que vá na alma de quem dança”. Essas são as palavras escolhidas para, este ano, representarem o Festival de Dança Contemporânea (FESTCOM), a ter lugar entre cinco de Maio e 12 de Julho, nas cidades de Maputo e da Matola.

Trata-se de um evento que para além de proporcionar uma jornada de dança contemporânea inclui palestras, workshop, performances em espaços alternativos como, por exemplo, as movimentadas paragens da cidade de Maputo. Ainda no decorrer das celebrações, serão realizadas diversas actividades artísticas e culturais, como são os intercâmbios, as formações culturais e académicas envolvendo adolescentes e jovens.

Neste sentido, “O FESTCOM não é só um festival de dança contemporânea, é também a possibilidade de reunir as mentes humanas para a concepção de obras de arte. Esta iniciativa vem para dar maior visibilidade a estas manifestações ao público em geral. A realização do festival não só ira ocorrer nas salas convencionais. Algumas actuações decorrerão nas ruas, nos mercados, nas praças, nas avenidas, nos jardins entre outros espaços alternativos”, explica a organização.

O festival inicia-se com a realização de palestras que irão acontecer em 15 escolas secundárias e duas instituições de ensino superior na cidade e província de Maputo.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!