Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Mamparra of the week: Jorge Khálau

Mamparra of the week: Saqueadores do Estado moçambicano

Meninas e Meninos, Senhoras e Senhores, Avôs e Avós

O mamparra desta semana é o ACTUAL e COMBATIVO comandante-geral da Policia da República de Moçambique, Jorge Khálau, que com todo o empenho incomensurável está a fazer de tudo para agarrar, um a um, os tais G20.

Desde que ele se fez presente, como combatente, neste combate aos famigerados criminosos, todos os pacatos cidadãos residentes nos bairros periféricos de Maputo e Matola sonham em ser “patrulheiros. E estão a patrulhar todas as noites. Trabalham de dia, patrulham de noite e dormirão assim que surgir uma pequena oportunidade.

Khálau, que se dirigiu à nação de forma telepática, deixou claro que está farto destes G20 e que os detesta de forma veemente, que se fosse ele a agarrá-los pelas suas próprias mãos iria levá-los à barra da justiça, para que fossem julgados e condenados.

Na telepática mensagem dirigida aos filhos da pátria, que o polícia número do país ama de todo o seu coração, ficou também claro que ele ainda não falou pois não quer dar espaço para que os G20 tenham acesso à estratégia final que será um autêntico murro naquela escória que em breve estará a ver o sol aos quadradinhos.

Khalau é um policia a sério. De rara espécie. Lembram-se da vez que ele disse que não respeitava ordem de nenhum juiz?

o disse por acaso: é que muitos desses marginais, essa escória da sociedade, tem saído das prisões por ordens de alguns juízes. E Khálau percebeu isso há muito tempo….

Na senda da patrulha para dar uma ajuda à Polícia em que Khálau ocupa o posto número um, um jovem na flor da idade, o artista Alexandria Ferreira, acabou por ser um dos seis cidadãos barbaramente linchados.

Até hoje ainda nada se ouviu deste nosso eleito, mas cremos que, em breve, o povo irá manifestar-se publicamente, coberto de lágrimas, com o ódio transformado em novas forças para que o mais rápido possível encontrem os famigerados G20 que já fizeram com que o ministro do Interior se pronunciasse e mais ultimamente o Presidente Armando Guebuza.

Khálau só pode estar em lágrimas, ferido de tanta dor e consternação para que ainda não tenha dito uma única palavra. Compreendemos o seu silêncio.

Esperamos pela sua prontidão. Esperamos também que os “patrulheiros” sejam chamados às habituais formaturas, para receberem instruções. Esperamos também que este cenário termine, como também esperamos que Jorge Khálau preste satisfação a quem lhe paga impostos. O seu salário vem daqueles que são passados a ferro, violados, agredidos.

É que alguém tem que pôr um travão neste tipo de mamparices. Mamparras, mamparras, mamparras.

Até para a semana, juizinho e bom fim-de-semana!

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!