Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Malfeitores assassinam agente da PRM em Lichinga

Um agente da Polícia da República de Moçambique (PRM) em Nampula, que em vida respondia pelo nome de João Carlos Covane, de 58 anos de idade, foi encontrado sem vida, na madrugada desta quinta-feira (08), no bairro de Chiuaula, na cidade de Lichinga.

 

O corpo da vítima foi localizado nas imediações de um dos mercados do bairro de Chiuaula, um local considerado propenso à ocorrência de crimes naquele ponto do país. As autoridades policiais da província do Niassa desconhecem as razões que ditaram a morte de João Covane, mas suspeitam que ele foi assassinado por indivíduos ainda a monte, uma vez que o corpo apresentava golpes.

Alfredo Fumo, chefe das Relações Públicas no Comando Provincial da PRM no Niassa, assegurou-nos que há uma investigação em curso com vista a neutralizar os presumíveis autores do crime.

No mesmo dia em que João Covane foi assassinado, duas crianças da mesma família, com idades compreendidas entre quatro e 12 anos, morreram asfixiadas num incêndio que deflagrou no quarto onde as mesmas dormiam, provocado por um fogão que se encontrava no interior da casa devido ao frio que se faz sentir naquele ponto da zona Norte.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!