Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Mais um polícia recolhe às celas

O Tribunal Provincial de Nampula acaba de ordenar a detenção imediata de mais um membro da Polícia da República de Moçambique, em Nampula, por alegada conivência na entrada e saída ilegais de cidadãos de nacionalidade estrangeira na província de Nampula.

Trata-se de Fátima Sebastião, recentemente promovida a sargento principal da PRM, e que vai juntar-se a outros cinco agentes da corporação detidos em conexão com o caso dos 68 somalis neutralizados no passado dia 19 de Janeiro na província de Zambézia, idos do Centro de Maratane em Nampula.

Segundo Inácio João Dina, chefe do departamento das Relações Públicas no Comando Provincial da PRM, em Nampula, as autoridades judiciárias emitiram um mandato de captura imediata contra Fátima Sebastião por ter sido arrolada pelo Tribunal.

João Dina disse que a indiciada facilitava a acomodação de estrangeiros ilegais de nacionalidade somali na sua própria residência, facto que despertou a atenção dos vizinhos que denunciaram o caso à polícia.

A visada é ainda acusada de facilitar as saídas ilegais de estrangeiros do Centro de Refugiados de Maratane.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!