Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Mais de 700 famílias capacitadas sobre prevenção do abuso sexual e prevenção do SIDA

A Solidariedade Zambézia, uma organização que trabalha em prol dos direitos da criança nas comunidades da província de Nampula, refere que capacitou, no ano passado, 750 familiares em matérias de prevenção do abuso sexual e do HIV/SIDA, tráfico de seres humanos, promoção e divulgação dos direitos da criança.

O coordenador daquela agremiação, Manuel Conta, disse que as acções envolveram os chefes dos agregados familiares e as respectivas crianças.

Segundo a fonte, é prematuro avaliar o impacto do aludido trabalho porque ainda é incipiente a mudança de comportamento no grupo alvo.

Entretanto, as comunidades preocupam-se cada vez mais em denunciar os casos de tráfico seres humanos, abusos sexuais, violência doméstica, dentre outros males, o que revela um bom sinal das acções da Solidariedade Zambézia.

Num outro desenvolvimento, Manuel Conta deplorou a discriminação de crianças deficientes pelos próprios pais. Apontou que em 2012 foram descobertos alguns pais que escondiam os seus filhos dentro de casa para não serem vistos, o que não é aceitável porque a deficiência é uma condição social que ninguém escolhe por vontade.

“Em Nacala-Porto, por exemplo, havia uma criança que estava a ser afastada da escola porque é deficiente. Alegou-se que ela não tinha uniforme”, disse Conta.


 

 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!