Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Mais de 300 famílias serão reassentadas em locais seguros

Cerca de 300 famílias que residem na Unidade Comunal 7 de Setembro, no bairro de Carrupeia, nas imediações dos Caminhos de Ferro de Moçambique (CFM) na cidade de Nampula, serão reassentadas em zonas seguras, identificadas pela edilidade local.

O facto foi anunciado pelo respectivo edil de Nampula, Castro Namuaca, que afirma terem sido identificados e demarcados mais de 500 talhões nos bairros de expansão de Marrere, Namiepe e Nampaco.

Namuaca avançou que uma equipa de técnicos do Concelho Municipal está, desde segunda-feira, a efectuar um trabalho de levantamento das necessidades das populações que se encontram a residir naquela unidade comunal. A fonte anotou que aqueles munícipes vivem numa área concessionada à empresa CFM, cujo conflito arrasta-se desde 2004.

O edil de Nampula falava momentos após concluir uma visita de trabalho à mencionada zona, que, actualmente, se encontra numa fase de desabamento devido à erosão progressiva provocada pelas chuvas que têm caído na província.

Viemos aqui para medir a sensibilidade das pessoas e, em conjunto, encontrarmos uma saída para o problema. Numa primeira fase, iremos estabelecer encontros com a população abrangida para, depois, podermos apoiá-la em material de construção.

Disse Namuaca, afastando, contudo, qualquer possibilidade de indemnizações devido ao facto o espaço ter sido cadastrado à empresa supracitada.

A proposta do CMCN é resolver o problema antes das próximas chuvas. Isto é, até Dezembro do presente ano, temos que resolver esta situação em definitivo, através do reassentamento dos munícipes em lugares seguros.

Sublinhou Namuaca, recordando que em 2006 realizou-se um trabalho de sensibilização das populações no sentido de se retirarem do local, uma medida que não foi acatada porquanto continuam a erguer habitações de construção precária.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!