Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Mais 31 pessoas morrem vítimas de acidentes de viação nas estradas moçambicanas

A sinistralidade rodoviária continua a fazer vítimas, seguindo, esta forma, um sentido contrário aos múltiplos apelos para que se conduza com prudência. Só na semana finda, pelo menos 32 pessoas morreram e outras 36 ficaram feridas, das quais 23 com gravidade, em resultado de 31 acidentes de viação, em Moçambique.

Os sinistros, na sua maioria do tipo atropelamento e choques entre carros, tiveram como causas o excesso de velocidade, a má travessia de peões, a condução em estado de embriaguez, as deficiências mecânicas de algumas viaturas, entre outras.

As ocorrências correspondem ao período de 14 a 20 de Outubro em curso. No mesmo intervalo do ano passado, o país registou 27 óbitos e 56 feridos, dos quais 27 graves, devido a 27 acidentes de viação, segundo o Comando-Geral da Polícia da República de Moçambique (PRM).

Quanto à fiscalização rodoviária, o trabalho da Polícia de Trânsito (PT) abrangeu 44.346 viaturas e 4.852 condutores foram punidos por violação das mais elementares regras de trânsito. Para além disse, as autoridades policiais apreenderam 352 cartas, supostamente porque os seus titulares faziam-se ao volante embriagados.

Numa outra operação, 16 indivíduos foram presos, acusados de conduzir sem habilitações para o efeito.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!