Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Maioria das empresas moçambicanas paga salários baixos

A maioria das empresas nacionais e estrangeiras activas em Moçambique está a pagar salários baixos, alegando não poder melhorá-los por estar a sofrer os efeitos negativos da crise financeira mundial despoletada nos Estados Unidos da América (EUA), em 2007.

 

 

“Mas sabemos que muitas delas dispõem de capacidade financeira elevada que as possibilitem melhorar regularmente os salários pagos aos seus trabalhadores”, observou Boaventura Mondlane, secretário para a área das Relações Laborais, Jurídicas e Sociais da central sindical Organização dos Trabalhadores de Moçambique (OTM-CS), falando ao Correio da manhã por ocasião do fim de 2010.

Entretanto, aquela agremiação defende a manutenção de um porcento como taxa de contribuição dos trabalhadores filiados na OTM, alegadamente, “para não agravarmos ainda mais a sua já frágil situação salarial”, segundo ainda Mondlane, ajuntando que a medida tem também em vista evitar “a fuga massiva dos seus membros para fora dos sindicatos”.

A agremiação conta com cerca de 468 mil trabalhadores moçambicanos filiados, número em crescendo “devido a sistemáticas injustiças laborais que se registam, necessitando da intervenção dos sindicatos em defesa dos seus membros e maior protecção”.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!