Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Literatura moçambicana de luto: Faleceu o escritor Fernando Couto

A morte, sempre inoportuna, mais uma vez surpreendeu-nos ao devorar um dos escritores e jornalistas moçambicano. Faleceu, nesta quinta-feira (10) vítima de doença Fernando Couto.

Aos 88 anos de idade, o pai do também escritor Mia Couto, o jornalista, empresário e conhecido escriba moçambicano não gozava de boa saúde. É este o contexto que fez com que o autor da obra “Vivências Moçambicanas”, fosse, recorrentes vezes, internado nos serviços hospitalares.

Autor de diversas obras, Fernando Couto foi responsável da editora Ndjira, subchefe de redacção no matutino Notícias, sendo que na história da imprensa moçambicana trabalhou como professor na Escola de Jornalismo.

Neste link (http://editora-ndjira.blogspot.com/search/label/Fernando%20Couto) da editora Ndjira muito mais informações, por vezes, em discurso directo, podem ser consultadas sobre o autor que deixa viúva, três filhos e sete netos. Sabe-se, porém, que na próxima segunda feira, 14 de Janeiro, pelas 11 horas, será realizado o seu velório no Sindicato Nacional de Jornalistas.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

error: Content is protected !!