Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Liga Europa: Liverpool consegue empate em Manchester e elimina United

Na primeira vez em que o maior clássico do futebol inglês foi disputado numa eliminatória de competição continental, quem levou a melhor foi o Liverpool, que empatou com o Manchester United a uma bola no estádio Old Trafford nesta quinta-feira e classificou-se para os quartos de final da Liga Europa em futebol. Após terem vencido por 2 a 0 no Anfield Road na semana passada os “Reds” estiveram em desvantagem mas empataram com bonito golo de Philippe Coutinho e avançaram.

Apesar da vantagem de poder até perder por um gol de diferença, o Liverpool não se limitou a jogar com o regulamento e também buscou o ataque. No entanto, quem criava as melhores chances era mesmo o United, que fez 1 a 0 aos 31 minutos, quando Martial sofreu penálti de Clyne. O próprio francês foi para a bola, acertou o canto direito e abriu o placar.

O golo empolgou a claque e os jogadores, os “Diabos Vermelhos” tiveram então seu melhor momento na partida, ou pelo menos aquele em que estiveram mais perto da classificação, já que dependiam de mais um golo para forçar o prolongamento.

Contudo, no talento individual, da equipa visitante chegou ao empate e jogou um balde de água fria sobre o adversário. Aos 45 minutos, Philippe Coutinho encarou a marcação de Varela pela esquerda, driblou e deu um toquinho por cobertura para tirar de De Gea e assinalar o segundo.

Na segunda etapa, o United a precisar de três golos, mas não fez nenhum, apesar das chances criadas. O Liverpool, por sua vez, levou perigo em alguns contra-ataques, mas também não desempatou.

No estádio White Hart Lane, em Londres, o Tottenham não conseguiu parar o Borussia Dortmund, que trazia uma vantagem de 3 a 0, e acabou por vencer a partida desta quinta-feira e assegurar a classificação.

Os dois golos do Dortmund na partida foram marcados por Aubameyang. Aos 24 minutos do primeiro tempo, o gabonês aproveitou saída errada da defesa do ‘Spurs’, arriscou pela meia esquerda e acertou o canto para marcar o primeiro. Na etapa final, aos 26, ‘Auba’ aproveitou jogada de Mkhitaryan e completou. Os donos da casa ainda reduziram três minutos depois, com golo de Son.

Outra classificação tranquila foi a do Sevilla, actual campeão e maior vencedor da história da Liga Europa, com quatro conquistas. Depois de ter empatado em 0 a 0 na Suíça, a equipe da Andaluzia derrotou o Basel por 3 a 0 nesta quinta no estádio Ramón Sánchez Pizjuán.

A equipa dirigido por Unai Emery contou com um golo de Ramy e dois de Gameiro, todos marcados na etapa inicial, para avançar na competição e impedir que o adversário dispute a final em seu estádio, o St. Jakob-Park, que sediará a decisão em 18 de maio.

Em Bruxelas, onde o Anderlecht encarou o Shakhtar Donetsk, o único golo aconteceu apenas depois de 93 minutos de bola rolando. Aos 48 do segundo tempo, o brasileiro naturalizado croata Eduardo da Silva, marcou e confirmou a classificação da equipe ucraniana, que em Lviv já havia levado a melhor por 3 a 1.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!