Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Liga dos Campeões Europeus: Barça vence BATE e fica perto dos oitavos

Ainda sem Lionel Messi, que continua o processo de recuperação de uma lesão no joelho esquerdo, o Barcelona contou mais uma vez com Neymar – autor de dois golos e uma assistência – como factor de desequilíbrio para vencer o BATE Borisov por 3 a 0 nesta quarta-feira, no Camp Nou, resultado que deixou a equipe catalã muito perto de garantir vaga nos oitavos de final da Liga dos Campeões Europeus em futebol.

Depois de um começo de partida difícil, o Barcelona soltou-se aos poucos e teve, além da actuação decisiva do brasileiro, o brilho de Luis Suárez, que balançou a rede após receber passe do camisa 11. Com o triunfo, o atual campeão europeu soma dez pontos, na liderança do grupo E.

Em segundo lugar está a Roma, que derrotou o Bayer Leverkusen na Itália por 3 a 2 e tem cinco pontos. O clube alemão tem quatro pontos, e o último classificado é o BATE com três.

O campeão bielorrusso entrou em campo com a proposta de não se limitar a defender e levou perigo logo aos cinco minutos de bola rolando. Stasevich cruzou da direita, a defesa rebateu e o próprio atacante ficou com a sobra, mas chutou em cima da marcação. Como era esperado, o actual detentor da ‘Champions’ atacava mais, mas não conseguia acertar uma boa finalização.

Em mais uma trama com Suárez, Munir entrou na área pela direita e foi puxado por Mladenovic, sofrendo penalti. Neymar foi para a cobrança, praticamente não tomou distância e, com categoria, acertou o canto direito do guarda-redes Chernik, que caiu para o outro lado.

Para espantar qualquer possibilidade de surpresa, a dupla sul-americana do ataque azul-grená resolveu aos 15 minutos, marcando o segundo. Neymar rolou da esquerda para Suárez, que dominou e deu de bico no canto direito baixo.

Aos poucos, a partida foi ficando morna, e uma nova finalização com relativo perigo aconteceu apenas aos 36. Bartra, que substituíra Iniesta, pegou sobra fora da área e concluiu pela linha de fundo. Três minutos depois, em contra-ataque fulminante, os donos da casa fecharam a conta. Suárez desceu pela direita e retribuiu o presente para Neymar, que, com o guarda-redes caído, apenas completou para a baliza vazia.

Duas semanas depois de terem empatado em 4 a 4 na Alemanha, Roma e Leverkusen protagonizaram nova partida movimentada, desta vez no Estádio Olímpico. O clube anfitrião abriu 2 a 0, com golos de Salah e Dzeko. Mehmedi e ‘Chicharito’ Hernández buscaram a igualdade, mas Pjanic, de penalti, selou o triunfo ‘giallorosso’ por 3 a 2.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!