Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Liga dos Campeões: Barcelona tenta reverter placar contra o Inter

Liga dos Campeões: Barcelona tenta reverter placar contra o Inter

O Barcelona procura esta quarta-feira na partida da segunda mão das semifinais da Liga dos Campeões reverter a vantagem de 3 a 1 conquistada pelo Inter de Milão no jogo de Milão, para conseguir chegar à segunda final consecutiva do maior torneio continental de clubes de futebol.

“Por todos os resultados que obtivemos este ano e meio, pelos resultados em casa e pelo nível que temos demonstrado é possível”, garantiu o defesa Gerard Piqué, pedindo aos adeptos que lotem o estádio Camp Nou para incentivar o clube.

O Barcelona reconhece a tarefa difícil ante o clube italiano treinado pelo português José Mourinho, que pode jogar contra o Barça com um esquema principalmente defensivo, mas confia em suas chances. “Para o Inter devemos utilizar a essência pura de nosso futebol. Na quarta-feira deve jogar um Barça na sua máxima expressão”, afirmou o treinador do espanhol, Josep Guardiola.

O técnico também disse que “para passar à final temos que fazer uma boa partida. Só conseguiremos isso se formos autênticos. Atacar o máximo possível, colocar muito ritmo. Vamos dar o máximo”.

Piqué fazia referência ao jogo dos quartas de final da Liga dos Campeões na temporada 1999-2000, quando, após perder na primeira mão por 3 a 1 ante o Chelsea, o Barça venceu na partida da segunda mão por 5 a 1, conseguindo chegar às semifinais.

O Barça avisa que seus atletas deixarão “a pele no campo”; mas já têm uma baixa na defesa – seu capitão Carles Puyol, suspenso. O clube também não poderá contar com o ucraniano Dimitri Chygrynskiy, que não pode participar desta competição.

Assim, a defesa pode ser formada por Piqué e pelo argentino Gabriel Milito, com Daniel Alves na direita e provavelmente com o francês Eric Abidal na esquerda, enquanto o meio-campo ficaria a cargo de Sergio Busquets, Yaya Touré e do cérebro do time, Xavi Hernández.

No ataque, o argentino Leo Messi, que não se destacou no jogo de milão, e terá que demonstrar que sabe aparecer quando preciso, apesar das quatro partidas sem marcar. Junto a ele estarão o sueco Zlatan Ibrahimovic e o espanhol Pedro, que soube ser decisivo em várias partidas do Barça nesta temporada.

Frente a eles estará um Inter que chega com uma clara vantagem, e que na primeira mão explorou bem seus contra-ataques, algo que Mourinho pode voltar a tentar em Camp Nou, aproveitando as saídas de jogadores como o camaronês Samuel Eto’o, o argentino Diego Milito ou o holandês Wesley Sneijder.

O jogador holandês será dúvida após o último momento, após sofrer um problema muscular na perna esquerda, ainda que tudo leve a crer que estará pronto para o jogo contra o Barça. Com esta situação, o Inter deve apresentar um onze muito parecido com a do jogo de a uma semana, com Diego Milito na ponta de ataque, respaldado pelo macedônio Goran Pandev, por Sneijder e Eto’o.

No meio-campo estariam Thiago Motta e Esteban Cambiasso, com uma defesa formada pelos brasileiros Maicon e Lucio, pelos argentinos Samuel e Javier Zanetti e por Julio César na baliza.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!