Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Líder do Sinn Fein ameaçado de morte

O líder do partido católico norte-irlandês Sinn Fein, Gerry Adams, recebeu ameaças de morte, anunciou a formação em um comunicado. Um secretário de Estado, também do Sinn Fein, recebeu a advertência de que Adams será executado em 24 horas.

A ameaça foi feita, por telefone e de forma anónima, em nome do grupo paramilitar protestante Combatentes pela Liberdade do Ulster (UFF). O UFF é o braço armado da Associação de Defesa do Ulster (UDA), grupo que luta pela manutenção do Ulster dentro do Reino Unido.

A ameaça foi revelada poucos dias depois da conclusão de um acordo entre católicos e protestantes que elimina o último obstáculo para a plena aplicação do processo de paz iniciado em 1998. Os acordos de paz de 1998, conhecidos como Sexta-Feira Santa, acabaram com 30 anos de violência, que deixaram 3.500 mortos de 1969 a 1998.

O primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, anunciou na quinta-feira que a transferência real, de Londres a Belfast, do comando da justiça e da polícía, que era objecto de árduas negociações há duas semanas entre os católicos do Sinn Fein e os protestantes do Partido Democrático Unionista (DUP), começará em 12 de Abril.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!