Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Jovem estupra e mata irmã em Gaza

Um cidadão de 31 anos de idade está detido na província de Gaza, há dias, acusado de abusar sexualmente a sua irmã de 29 anos e matou-a supostamente para poupá-la do sofrimento a que estava sujeito por se encontrar doente e sem o apoio da família.

Segundo a Polícia, o crime aconteceu no bairro 06 da aldeia 3 de Fevereiro, no distrito de Limpopo.

O indiciado confessou o delito, disse a corporação, revelando em seguida que o ofensor responde pelo nome de Rafael Paulo Bila.

O crime foi denunciado pela própria, de nome Carla Paulo Bila, de 22 anos de idade. Esta contou aos agentes da Lei da Ordem que o suposto homicida sufocou a vítima até à morte com recurso a um lenço.

A perícia confirmou, ainda de acordo com a Polícia, que a cidadã foi estuprada e asfixiada. O irmão alegou que “era trabalhoso cuidar” da malograda.

O assassinato aconteceu na última semana de Fevereiro último, tendo o acusado permanecido com o corpo até que por volta das 08h00 de 01 de Março corrente decidiu enterrar o cadáver sozinho no cemitério familiar.

Ele “foi flagrado pelas autoridades Policiais e moradores a enterrar o corpo”, o qual foi exumado pela equipa da corporação e da saúde que se fez ao local.

Diante destas acusações, pesam sobre o indivíduo três crimes, nomeadamente violação sexual, assassinato e tentativa de ocultação de cadáver.

Durante o julgamento, o juiz deverá ainda ter em contra o grau de parentesco entre a ofendida e o ofensor, bem como o facto de este ser mais velho que aquela, entre outros elementos.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!