Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Jovem assassina namorada e enterra-a na Matola

Uma jovem identificada por Valéria Manuel, de 19 anos de idade, foi assassinada, semana passada, pelo namorado e mais tarde sepultada nas proximidades de uma casa em obras, no bairro de Intaca, município da Matola.

O caso, segundo a Rádio Moçambique, que chocou os moradores daquela zona residencial, deu-se no quarteirão 17, quando o assassino, identificado por Afonso Monde, 28 anos, foi à casa da namorada pedindo-a para uma conversa em sua casa. A malograda, longe de pensar que o suposto namorado tinha uma má intenção, aceitou o convite, só que, quando lá chegou, o namorado desferiu-lhe golpes na região da cabeça, tendo ficado inanimada para depois tirar-lhe a vida e, mais tarde, enterrá-la numa casa em obras, na mesma zona.

Os familiares da jovem ora assassinada deram falta dela naquela noite e no dia seguinte decidiram fazer buscas em casa do namorado, porque teriam sido vistos juntos antes do crime. Inicialmente, o jovem assassino negou que teria estado com a rapariga, mas depois de um trabalho árduo, que durou alguns dias, desencadeado pelos familiares da vítima e estruturas do bairro, ele acabou confessando o crime.

Segundo João Tila, chefe do quarteirão 17, local onde se deu o caso, o jovem assassino era de conduta duvidosa, mas faltavam provas para expulsá-lo do bairro. “Sabemos que ele fugiu da casa do seu pai no bairro de Chamanculo, porque era procurado pela Polícia, mas faltavam provas para expulsá-lo da nossa zona”, disse Tila, acrescentado que o jovem cometeu um crime que agitou todos os moradores do bairro de Intaca.

O corpo da vítima foi exumado, na quinta-feira(2), por uma equipa da Polícia de Investigação Criminal (PIC) e foi submetido a um exame, tendo sido entregue à família para fazer o respectivo funeral. De acordo com uma fonte familiar, os restos mortais da jovem Valeria Manuel foram transladados para a sua terra natal, Inhambane, para se efectuar um funeral digno.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!