Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Jornalista e activista moçambicano, barrado em São Paulo, já está no Rio de Janeiro

Jornalista e activista moçambicano

O jornalista e activista moçambicano, Jeremias Filipe Vunjanhe, da ONG Justiça Ambiental, que havia sido impedido de entrar no Brasil na passada terça-feira(12), onde iria participar da Cimeira dos Povos, movimento paralelo à Cimeira do Rio+20, chegou na noite desta segunda-feira ao Rio de Janeiro e, desta vez, a sua entrada foi permitida ao território brasileiro.

Em contacto telefónico estabelecido esta manhã com Daniel Ribeiro, da Justiça Ambiental, apuramos que após o seu regresso do Brasil Jeremias obteve um novo visto na embaixada brasileira em Maputo, e embarcou na noite de domingo para o Brasil.

Entretanto o consulado brasileiro em Moçambique não deu ainda nenhuma explicação plausível para o impedimento da entrada deste cidadão moçambicano e nem para a inscrição do seu nome na lista dos impedido da Sinpi (Sistema Nacional de Impedidos e Procurados do Brasil).

Nenhum pedido de desculpas formal foi ainda apresentado pelo Governo brasileiro.

Em declarações ao portal G1, Jeremias classificou a situação como revoltante. “Até porque até agora não há explicação sobre o que aconteceu”, afirmou. Segundo ele, a Polícia Federal brasileira agiu com “prepotência”, mas ele adiantou que a diplomacia brasileira resolveu o seu problema ao desbloquear sua entrada no Brasil.

Com uma semana de atraso Jeremias, que é conhecido em Moçambique por ser um crítico à atuação da companhia Vale no país, acabou por não participar no 3o Encontro Internacional dos Atingidos pela Vale em todo mundo, que se realizou na passada sexta-feira na Cimeira dos Povos.

Jeremias Vunjanhe também está credenciado como observador da sociedade civil e deverá participar na Cimeira do Rio+20, que acontece entre 20 e 22 de Junho e onde são são esperados 115 chefes de Estado e Governo, incluíndo o Presidente Armando Guebuza.

 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!