Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Jorge Fonseca lidera contagem de votos das presidenciais em Cabo Verde

O candidato Jorge Carlos Fonseca, apoiado pelo Movimento para a Democracia (MpD), principal partido da oposição em Cabo Verde, lidera o escrutínio da primeira volta das eleições presidenciais de domingo com 37,4 porcento de 976 das 1110 mesas de voto no arquipélago e na diáspora, soube a agência de notícias PANA na Praia de fonte oficial.

A manter esta tendência, será necessária uma segunda volta em que Jorge Fonseca irá defrontar Manuel Inocêncio Sousa, sustentado pelo Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV, no poder), que obteve 33,3 por cento dos votos já publicados pela Direção Geral de Apoio ao Processo Eleitoral (DGAPE). De acordo com os dados oficiais, Aristide Lima, antigo presidente do Parlamento cabo-verdiano e atual deputado do PAICV, que se apresentou ao escrutínio como independente, está na terceira posição com 25,9 porcento, enquanto Joaquim Jaime Monteiro, também independente, obteve 2,1 porcento numa votação em que a taxa de abstenção situa-se em 47,9 porcento.

Entretanto, a candidatura de Aristides Lima já reclamou a existência de “discrepâncias” de 8 porcento nos dados oficiais que a DGAPE divulgou, em relação aos que estão em sua posse. Numa curta declaração à imprensa, a mandatária da candidatura, Helena Tolentino, indicou que em causa estarão cerca de 10 mil votos a favor de Aristides Lima, o suficiente para que esse candidato passe à segunda volta das presidenciais, em detrimento de Manuel Inocêncio.

Reagindo à declaração da candidatura adversária, Cristina Lima, mandatária de Manuel Inocêncio, confirmou que também a candidatura que representa encontrou “pequenas discrepâncias” entre os dados disponibilizados pelos seus representantes nas assembleias de voto e os da DGAPE, mas que não põem em causa a participação do candidato do PAICV na segunda volta das presidenciais que terão lugar dentro de duas semanas (21 de Agosto).

No entanto, Aristides Lima não fez qualquer declaração domingo sobre os resultados da votação, mas prometeu pronunciar-se segunda-feira após esclarecer as discrepâncias entre os dados da sua candidatura e os oficiais.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!