Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Jardim Tunduro reabilitado até finais de 2009

Jardim Tunduro reabilitado até finais de 2009

O jardim botânico da cidade de Maputo, mais conhecido por Jardim Tunduro, será totalmente reabilitado até finais de 2009, garante Jacinto Loureiro, vereador do pelouro de Actividades Económicas no Concelho Municipal da capital moçambicana.

De referir que o Jardim Tunduro se encontra num estado avançado de degradação por se apresentar sem relva e no lugar dela está capim alto, bancos estragados, sanitários em péssímas condições de higiene, pavimento esburacado, estufa inoperacional, entre outros problemas. Jacinto Loureiro confirmou que o jardim há mais de 30 anos que não beneficia de nenhum investimento de vulto, fazendo com que ao longo dos tempos fosse sofrendo uma degradação acentuada.

O “Tunduro” precisa de pelo menos dois milhões de dólares americanos para a reabilitação total do recinto, o que vai fazer com que os trabalhos sejam executados paulatinamente ao longo do ano de forma a chegar ao fim de 2009 com as obras concluídas.

Enquanto tal não acontece, os utentes mostram-se desapontados com o estado do jardim, pois já não oferece a tranquilidade típica daquele local turístico e de lazer.

Segurança

A questão de segurança deixa muito a desejar porque no recinto reside um grupo de marginais que atormentam as pessoas que recorrem ao jardim à procura de sossego, muitas vezes ficando sem os seus haveres.

Os guardas do recinto não garantem segurança porque não possuem instrumentos adequados para fazer face à criminalidade que se regista diariamente. Jacinto Loureiro minimiza a situação dizendo que a intranquilidade no jardim reduzui bastante nos últimos tempos com a contratação de guardas civis, mas reconhece que a serenidade ainda não é total. “Hoje é possível ver pessoas sentadas a estudar, descansar sem que sejam atormentadas, coisa que não acontecia há quatro anos atrás”, salientou, a terminar.

 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!