Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Italiano impedido de entrar em Moçambique

A Polícia da República de Moçambique (PRM) interditou, semana passada, a entrada no país de um cidadão italiano, após este ter desembarcado no Aeroporto Internacional de Maputo exibindo um visto falso no seu passaporte.

O referido cidadão fazia parte de um grupo de 65 estrangeiros de diferentes nacionalidades, com destaque para nacionais do Paquistão, Somália, Bangladesh, Líbano, Etiópia e Índia, “todos ostentando vistos de entrada falsos”, segundo Orlando Mudumane, porta-voz da PRM a nível da cidade de Maputo.

O grupo desembarcou num voo de uma companhia aérea etíope. Mudumane referiu que em menos de 15 dias foram expulsos perto de 119 estrangeiros por tentarem entrar ilegalmente no país e “curiosamente todos eles foram transportados pela mesma companhia aérea”, ajuntou aquele porta-voz da PRM.

Por outro lado, aquele oficial da PRM realçou que, no passado dia 15 de Maio do presente ano de 2012, a sua corporação deteve outros dois estrangeiros originários da Guiné-Conacri que estavam abordo de um navio de pesca no Porto do Maputo, por entrada ilegal no país.

Orlando Mudumane falava esta segunda-feira à imprensa no habitual briefing semanal, salientando que, no período em análise, a corporação deteve 75 indivíduos acusados de cometimento de vários crimes.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!