Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

48 agentes da PRM vivem com o HIV/SIDA em Inhambane

Quarenta e oito membros da Polícia da República de Moçambique infectados pelo vírus que provoca a SIDA estão a receber tratamento antiretroviral em toda a província. A maioria dos doentes está impossibilitada de prestar qualquer serviço à corporação, que já tinha poucos agentes.

Estes dados foram revelados pela comandante provincial da PRM em Inhambane à margem das celebrações dos trinta e sete anos da corporação, assinalados no passado dia dezassete do corrente mês.

Arsénia Massingue admitiu, no entanto, que o número de membros infectados pela chamada “doença do século” pode ser maior, pois muitos não aderem ao teste voluntário para saber o seu estado serológico. No âmbito da prevenção da doença no seio das fileiras da PRM, foram realizadas 382 palestras em diversas subunidades da Polícia.

Através de palestras, pretende-se chamar atenção sobre o perigo que a SIDA representa na Polícia, a força que garante a ordem e segurança públicas.

Indisciplina nas fileiras da PRM em Inhambane

Paralelamente, foi dado também a conhecer que 91 processos disciplinares foram instaurados contra polícias este ano, contra 67 de 2011, o que representa uma subida de 24 casos.

Consumo de bebidas alcoólicas em serviço, abandono de posto e envolvimento em actos ilícitos são alguns comportamentos que mancham a corporação.

Arsénia Massingue diz que continuará implacável contra todos aqueles que se desviarem dos princípios que regem a Polícia. (NM, em Inhambane)

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!