Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Itai volta a destacar o caso do Secretário da OJM

O caso do professor que recebia salários sem dar aulas na escola Industrial e Comercial 1º de Maio em Quelimane, por sinal, o Secretário Provincial da Organização da Juventude Moçambicana (OJM), Momade Juízo, ainda é matéria de debate em qualquer ponto desta província.

Depois de o Governador da Província da Zambézia, Francisco Itai Meque, ter exarado um despacho rescindindo o contrato e também solicitando que a Procuradoria da República de Moçambique para investigar o caso, esta terça-feira, numa reunião com funcionários públicos de Morrumbala, o Governador voltou a explicar aos presentes que o governo da Zambézia não vai tolerar os casos de corrupção.

Itai reiterou em jeito de apelo que contra tudo o que for acontecer, “não há espaço e o governo não vai deixar estas pessoas levarem dinheiro do estado”-disse o Governador.

Mesmo no meio de aplausos, o governante não foi mais longe nesta sua abordagem, tendo se limitado apenas em dar este exemplo do Secretário da OJM como um caso claro de corrupção.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!