Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

IPEX preocupado com fuga de técnicos

O presidente do Conselho de Administração (PCA) do Instituto para Promoção das Exportações (IPEX), João Macaringue, afirma que a instituição que dirige passa por maus momentos resultantes da fuga de técnicos por si formados para outros sectores produtivos com incentivos salariais garantidos.

 

 

“Temos estado a perder muitos técnicos, tendência que a prevalecer ameaça a estabilidade da nossa organização”, lamentou Macaringue, ajuntando que o IPEX tem estado a investir muito na formação dos seus técnicos, os quais quando aptos optam por empregos melhor remunerados.

O PCA do IPEX não precisou o número de quadros que já abandonaram a instituição, salientando apenas que a situação prevalece.

Replicar projectos-piloto

Entretanto, Macaringue revelou estar em curso um conjunto de acções tendentes a replicar os projectos-piloto em implementação para outras províncias não abrangidas, visando diversificar cada vez mais os produtos moçambicanos para exportação e as regiões de produção.

Estes projectos estão em curso nas províncias de Inhambane, Nampula, Zambézia, Sofala, Maputo e Manica, abrangendo sete produtos não tradicionais, nomeadamente, o ananás, amêndoa de caju, feijão, manga e piripiri e peças de artesanato.

Uma das acções em curso é a identificação e selecção de novos produtos que engrossarão a lista dos já existentes nas províncias não contempladas pelos projectos- piloto, tendo em conta o potencial existente, a capacidade produtiva e a disponibilidade de recursos financeiros.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!