Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Instalada fábrica de processamento de alimentos em Nicoadala

Uma fábrica de processamento de ananás e outros produtos alimentares deverá entrar em funcionamento até finais do presente ano no distrito de Nicoadala, província central da Zambézia, em Moçambique.

O chefe dos Serviços Provinciais de Agricultura na Zambézia, Luís Tomo, disse, segundo AIM, que a fábrica deveria ter sido concluída em Maio passado, o que não aconteceu “devido a problemas com o empreiteiro da obra”.

“Neste momento, o empreendimento está pronto, e acredito que até ao final do ano, teremos a fábrica a funcionar, a não ser que surjam constrangimentos de última hora”, realçou Luís Tomo.

Referiu ainda que a instalação da unidade fabril em Nicoadala visa reduzir as perdas que, anualmente, os produtores sofrem, dado serem elevadas as quantidades de ananás produzidas naquele distrito.

Tomo afirmou ainda que para além do processamento de ananás, a fábrica vai dedicar-se também à produção de sumos, concentrados e compotas de tomate, papaia, manga e toranja, entre outros produtos.

Para o chefe dos Serviços Provinciais de Agricultura, a fábrica será uma mais-valia, “porque vai ser um local onde os produtores vão vender a sua produção”, que era desperdiçada por falta de mercado.

O distrito de Nicoadala, cuja sede distrital se localizada a cerca de 20 quilómetros da cidade de Quelimane, capital provincial da Zambézia, tem um elevado potencial agrícola, sendo um dos principais produtores de arroz e milho ao nível da província.

Entretanto, uma outra fábrica de processamento de ananás, orçada em cerca de seis milhões de dólares norte-americanos, vai ser instalada na região de Muxúnguè, na província central de Sofala.

Pertencente ao grupo sul-africano First National Choice, a referida fábrica vai processar, diariamente, cerca de 40 toneladas de ananás, segundo o Ministério da Agricultura.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!