Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Inoperância da Polícia agasta líderes religiosos em Nampula

Os líderes das confissões religiosas da província de Nampula manifestaram, esta segunda-feira (04), num encontro com a governadora Cidália Chaúque, o seu desapontamento face à crescente onda de criminalidade no país, em particular na capital do Norte, alegadamente devido à inoperância das autoridades policiais.

Para os religiosos, a Polícia da República de Moçambique (PRM) não actua nos lugares onde há muita criminalidade, por isso, os gatunos assaltam residências e pessoas sem conscientes de que nada irá lhes acontecer.

Os bairros de Natikiri, Carrupeia, Namicopo e Muahivire-Expansão foram indicados como os que mais focos de criminosos têm, supostamente sob o olhar impávido dos agentes da Lei e Ordem.

O secretário permanente da província, Manuel Guimarães, disse que algumas reclamações são legítimas, pois ele próprio tem recebido informações sobre assaltos a residências e cidadãos na via pública, uma situação que ganhou níveis alarmantes de há tempos para cá.

Manuel Guimarães garantiu que os agentes da PRM estão preparados para dar resposta a qualquer atitude que atente contra a ordem, segurança e tranquilidade públicas. Contudo, desafiou os líderes religiosos a fazerem um estudo para apurar as reais causas que fazem com que haja muitod crimes em Nampula. Guimarães recordou que as igrejas e mesquitas desempenham um papel importante na educação cívica dos cidadãos.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!