Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Índia: Aires Ali pede celeridade no desembolso de fundos

O Primeiro-ministro moçambicano, Aires Aly, pediu ao Exim Bank da Índia, para imprimir celeridade no desembolso de valores no âmbito de linha de crédito de 500 milhões de dólares norte-americanos concedidos a Moçambique para o financiar projectos de desenvolvimento.

Aires ali manifestou este desejo, sábado, em Nova Deli, a capital indiana, durante um encontro que manteve com responsáveis daquela instituição financeira, responsável pelo desembolso de fundos no âmbito desta linha de crédito, tendo destacado que Moçambique já submeteu dois projectos que esperam financiamento.

No âmbito desta iniciativa que, segundo um despacho da “Rádio Moçambique” captado pela AIM, se enquadra no âmbito do encontro Índia/Africa sobre investimentos, a decorrer desde hoje em Nova Deli, Aires Ali disse tratar-se de projectos das áreas de energia e habitação.

O Primeiro-ministro moçambicano adiantou que o país espera entregar outros dois projectos das áreas de estradas e água. Durante o encontro, o Exim Bank comprometeu-se a acelerar o processo de desembolso de valores para os projectos moçambicanos, disponibilizando os valores três semanas após a sua recepção.

“Estamos satisfeitos pelo facto de os responsáveis do Exim Bank terem se manifestado disponíveis a imprimir celeridade no processo de desembolso de fundos e estarem prontos a apoiar e acompanhar os projectos”, destacou o Primeiro-ministro a saída do encontro.

Em relação a esta linha de crédito, segundo Aires Ali, Moçambique já tem projectos identificados e continua a ser um dos grandes desafios para os dois lados (Índia e Moçambique) a melhoria dos procedimentos para a disponibilização dos valores.

O Primeiro-ministro moçambicano recebeu, este domingo, em audiência um grupo de investidores indianos, que trabalham em Moçambique desde 1986, que já investiram cerca de 60 milhões de dólares norte-americanos na província da Zambézia.

Na ocasião, os investidores indianos manifestaram a sua disponibilidade em avançar com investimentos nas áreas da agricultura, electrificação rural e desminagem.

Para além do financiamento para projectos em infra-estruturas nas áreas da agricultura e energia, os dois países acordaram atingir, até 2013, o valor de mil milhões de dólares nas suas trocas comerciais.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!