Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

INAV desmente rumores sobre as inspecções

O Instituto Nacional de Viação (INAV) desmente as afirmações segundo as quais as inspecções periódicas e obrigatórias de veículos automóveis, em curso no país desde o primeiro dia do último mês de Fevereiro, visam inibir os carros em avançado estado de desgaste de circular nas rodovias do país.

Pelo contrário, as inspecções tornarão as vias públicas mais seguras e permitirão que os automobilistas conduzam os seus veículos com mais tranquilidade, visto que terão a garantia de que o estado mecânico dos seus veículos será muito bom. Falando hoje, em Maputo, em conferência de imprensa convocada para desmentir as falsas informações negativas sobre as inspecções periódicas, Simião Mataruca, director geral do INAV, disse que esta nova realidade abre caminho para a mitigação de acidentes de viação.

As inspecções vão, por outro lado, segundo Mataruca, salvaguardar a melhoria da assistência técnica do parque automóvel, porque poderão ser confirmadas, através de inspecções a veículos com deficiências passíveis de reparação. Desde o início das inspecções, segundo Mataruca, foram inspeccionadas 2.770 viaturas nos três centros abertos para o efeito (província e cidade de Maputo e Tete). Deste universo, 2.413 o correspondente a 87 por cento foram aprovadas e 357 (12 por cento) reprovadas. O parque automóvel em Maputo Cidade e província é estimado em 200 mil carros.

“O serviço cria segurança ao cidadão aquando da aquisição de veículos em segunda mão, uma vez que as inspecções constituem condição necessária para a mudança de propriedade, assim como os veículos que sofrem sinistro grave só poderão voltar a circular depois de serem inspeccionadas”, disse a fonte. Mataruca disse que o serviço é novo no contexto moçambicano, mas afirma que as pessoas levarão um tempo para o conhecer, se familiarizar e mais tarde aceitar a sua utilidade.

Os veículos ligeiros e motociclos, cuja inspecção dura entre 15 a 20 minutos, pagam 600 Meticais (cerca de 20 dólares), e os veículos pesados, que a verificação leva entre 25 a 30 minutos, pagam 900 Meticais. A reinspecção custa 125 meticais, mas deve ser feita dentro de 30 dias após a data da última avaliação, porque expirado este período o proprietário do veículo automóvel deverá pagar novamente o mesmo valor que paga pela primeira inspecção.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!