Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

#ideate Bootcamp: Sonhos dos jovens associados a estímulos contribuiem para o desenvolvimento do País

#ideate Bootcamp: Sonhos dos jovens associados a estímulos contribuiem para o desenvolvimento do País

Foto de Fim de SemanaA valorização das ideias e dos sonhos dos jovens pode contribuir para o desenvolvimento sustentável do País, principalmente se estiver associada ao estímulo à inovação e ao empreendedorismo, defendeu Alfredo Lemos, director de Operações do Standard Bank, durante o encerramento da segunda edição do #ideate Bootcamp, um programa de imersão empresarial organizado pelo banco, através da sua Incubadora de Negócios, com o suporte técnico da ideiaLab.

A iniciativa, que decorreu entre os dias 18 e 20 de Outubro e que contou com a participação de 42 jovens, foi concebida para transmitir ferramentas essenciais para elevar uma ideia aos níveis de implementação e crescimento, ajudando os jovens, em particular, a resolver os problemas das comunidades de forma simples e criativa, para além de gerar postos de trabalho.

Conforme explicou Alfredo Lemos, através do #ideate Bootcamp, o Standard Bank pretende contribuir activamente para o crescimento do País, “criando um espaço onde os jovens possam expor as suas ideias e sonhos e aprender a transformá-los em negócio”.

“Estamos implantados em Moçambique há 124 anos e julgamos ser importante retribuir o que o País tem dado ao Standard Bank. Queremos, através do apoio aos jovens, ajudar a resolver os principais problemas das comunidades nos diversos sectores, tais como o agro-negócio, a saúde, o comércio, entre outros”, disse o director de Operações do Standard Bank.

Durante os três dias, foram transmitidas aos participantes ferramentas importantes para a estruturação de uma ideia de negócio, bem como formas de abordar o mercado no qual se pretende implementar a ideia. Na formação, os participantes foram submetidos ao processo de Lean Startup e Design Thinking para entender os desafios da comunidade e validar os seus pressupostos; design e construção de um Produto Mínimo Viável (MVP) e construção do Value Proposition Canvas e do Business Model Canvas das várias ideias de negócio.

No fim, os jovens fizeram um Pitch (apresentação) dos seus projectos, tendo aplicado os conhecimentos adquiridos na formação e as sugestões colhidas do público interpelado nas artérias da cidade durante o processo de validação das ideias.

Para a coordenadora do #ideate Bootcamp, Adelina Nhanala, os participantes demonstraram maturidade e dedicação durante a formação, o que contribuiu para a qualidade das ideias por si apresentadas. “As soluções que eles apresentaram para os problemas das comunidades são inovadoras e diferentes umas das outras.

A entrega, por parte dos jovens, e as ferramentas adquiridas durante o #ideate Bootcamp foram importantes para esta evolução”, realçou Adelina Nhanala, para quem, depois desta formação, os participantes já se sentem estimulados a apostar no empreendedorismo.

Por sua vez, os participantes consideraram que a formação serviu, principalmente, para despertá-los para as oportunidades que o mercado oferece, para além transmitir ferramentas para tirar proveito delas (as oportunidades).

“Os jovens têm falta de plataformas ou iniciativas como o #ideate Bootcamp, que ajudam a abrir as nossas mentes. Cheguei aqui sem saber como materializar as minhas ideias, mas durante os três dias aprendi muito e já me sinto preparado e com ferramentas necessárias para dar corpo aos projectos que tenho”, afirmou José Psico Júnior, um dos participantes.

Yúnicie Monjane é empreendedora (beleza e venda de roupa plus size) e considerou que os conteúdos ministrados no #ideate Bootcamp mudaram a sua visão sobre o mercado no qual actua.

“Há muita coisa que vai melhorar no meu negócio. Graças ao #ideate Bootcamp já sei lidar como os meus clientes e como me comportar perante eles, já sei que estratégias devo usar para abordar o mercado, etc. Acho que esta formação devia ser contínua”, defendeu Yúnicie Monjane.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!