Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

IDE atinge mais de USD 500 milhões no 1o trimestre de 2014

O volume de Investimento Directo Estrangeiro (IDE) ao longo dos primeiros três meses de 2014, em Moçambique, atingiu mais de USD 500 milhões, apurou-se junto do Centro de Promoção de Investimento (CIP).

O montante provém de um total de 150 propostas de investimentos aprovadas pelo Governo, segundo Belarmina Capitine, directora dos Serviços de Desenvolvimento de Negócios do CIP.

No global, aquele volume de IDE totaliza cerca de 18,8 biliões de dólares norte-americanos, entre 2009 e 1.o trimestre de 2014, de acordo ainda com o Centro de Promoção de Investimen- to, acrescentando que foram mais de 1500 propostas aprovadas ao longo do período em referência.

Até finais do presente ano, aquela instituição prevê um aumento do volume do IDE relativamente ao ano de 2013, altura em que Moçambique conseguiu mais de quatro mil milhões de dólares norte-americanos, com a aprovação de 515 propostas de investimento.

Incentivos específicos

Entre 2016 e 2025, o Governo moçambicano pretende reduzir em 50% a taxa do Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Colectivas (IRPC) no sector da agricultura, com vista a atrair mais investimento no ramo, em respostas às preocupações da classe empresarial privada do país.

De referir que não é a primeira vez que o Governo cede à pressão dos empresários no sentido de reduzir a taxa do IRPC, estando actualmente em vigor uma taxa reduzida de 80% até 31 de Dezembro de 2015, realça um documento do CIP, apresentado esta semana em Maputo por Belarmina Capitine.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!