Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

I Liga Portuguesa: Benfica vence e isola-se na liderança

O Benfica isolou-se este Domingo no comando da I Liga portuguesa de futebol, ao vencer o Beira-Mar, por 1-0, em jogo da 21.ª jornada, disputado no Estádio Municipal de Aveiro. Após o empate do FC Porto diante do Sporting (0-0), os “encarnados” não perderam a oportunidade de “descolarem” dos portistas, mas tiveram de sofrer para confirmar a liderança isolada da I Liga, com 55 pontos, mais dois do que os “dragões”.

Do lado contrário, o Beira-Mar continua sem conseguir contrariar o ciclo negativo e somou o nono jogo sem vencer na I Liga, descendo para a última posição do campeonato, após o empate do Moreirense frente ao Marítimo.

Para este encontro, o técnico Jorge Jesus fez regressar ao “onze” inicial Maxi Pereira e Garay na defesa e Matic e Enzo Pérez no meio campo, poupados na partida com o Braga para a Taça da Liga. Já Costinha, no segundo jogo enquanto treinador do conjunto “aurinegro”, lançou uma equipa de cariz ofensivo, fazendo entrar Abel Camará para apoiar Yazalde no ataque, mas o Benfica chegou à vantagem cedo no encontro.

Melgarejo cruzou para Lima, que desviou a bola e Hugo cortou com a mão, tendo o árbitro assinalado grande penalidade. Na conversão do castigo máximo, o avançado paraguaio do Benfica Cardozo não falhou e, num remate colocado, colocou os “encarnados” em vantagem ao minuto 16, apontando o 14.º golo na I Liga.

Após o golo, o Benfica foi gradualmente “desacelerando”, enquanto a formação de Costinha não se desconcentrou e foi procurando incomodar a defensiva adversária. Aos 41 minutos, o conjunto aveirense chegou mesmo a assustar num lance em que Luisão falhou o corte e Yazalde rematou para uma defesa apertada de Artur, que impediu que a equipa da casa chegasse ao empate.

No segundo tempo, o Beira-Mar continuou a procurar o empate, sobretudo com iniciativas de Yazalde e Rubén, enquanto os comandados de Jorge Jesus procuraram sobretudo gerir a vantagem. Ao minuto 69, Óscar Cardozo desperdiçou uma oportunidade flagrante para bisar, num lance em que o recém-entrado Gaitán cruzou e o avançado paraguaio falhou a emenda à boca da baliza.

O Beira-Mar também esteve muito próximo de marcar, aos 81 minutos, na sequência de um pontapé de canto marcado por Nildo e em que Artur foi obrigado a defesa complicada a um remate do central Bura.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!