Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Homens armados raptam 20 mulheres perto de Chibok na Nigéria

Supostos membros da seita extremista islâmica Boko Haram sequestraram 20 mulheres num acampamento nómade perto de Chibok, no Estado de Borno, no norte da Nigéria, onde mais de 200 meninas foram raptadas pelo mesmo grupo há cerca de dois meses, noticiou esta segunda-feira o diário privado Leadership.

Citando fontes próximas das forças de segurança, o jornal refere que este novo rapto ocorreu quinta-feira, quando homens armados invadiram o acampamento e obrigaram as mulheres a entrar nos seus veículos a bordo dos quais foram conduzidas para um lugar desconhecido.

O diário citou grupos de autodefesa e os caçadores locais desdobrados na região que teriam informado que estes homens armados desembarcaram no acampamento na ausência dos homens da comunidade. “Fomos informados de que chegaram e levaram mulheres numa altura em quase nenhum homem estava lá. Os três que encontraram no local nada puderam fazer para as mulheres, e eles receberam igualmente a ordem de entrar nas camionetas”, declarou Alhaji Tar, um dos responsáveis dum grupo de autodefea que acabava de regressar de Maiduguri proveniente de Chibok domingo.

Apesar da assistência de uma coligação internacional que inclui os Estados Unidos, o Reino Unido, Israel e França, a Nigéria ainda não libertou as meninas raptadas na sua escola de Chibok. A Boko Haram que reivindicou a responsabilidade pelo rapto destas meninas indicou que estas só serão libertadas em troca dos seus membros deitdos pelo Governo. O Governo federal descartou qualquer troca de prisioneiros.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!