Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

HCB iluminará Tanzânia a partir de 2025

A Tanzânia deverá estar ligada à Rede Nacional de Transporte da Energia Eléctrica (RENT) até 2025, no quadro da implementação de vários projectos em carteira da empresa pública Electricidade de Moçambique (EDM) direccionados à região Austral de África.

Até ao momento, África do Sul, Zimbabué, Malaui, Botsuana, Namíbia e Suazilândia são países da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) a beneficiarem da energia eléctrica produzida pela barragem Hidroeléctrica de Cahora Bassa (HCB), em Tete, no âmbito do desenvolvimento do sector de Energia a nível da África Austral.

Ela chega àqueles países através, entre eles, dos projectos desenvolvidos pela EDM de interligação de Ulónguè, Milange, Zóbuè e Mandimba, nas províncias de Tete, Zambézia e Niassa, com o Malaui; de Sussundenga, em Manica, com o Zimbabué; e de Goba, na província meridional de Maputo, com a Suazilândia; enquanto para a África do Sul é feita a partir de Songo, sede da companhia moçambicana HCB e através da MOTRACO, a partir de Maputo.

A ligação está a ser dinamizada pela SAPP (Southern Africa Power Pool), organização regional das empresas de energia eléctrica da SADC, criada em 1995, contando, a partir do ano 2000, com 12 países filiados por meio da interligação dos seus sistemas eléctricos.

Fontes energéticas

Na esfera de produção de energia eléctrica, a África do Sul garante cerca de 80,4% da energia consumida em toda a região, seguida por Moçambique, com 5%, Zimbabué (4,1%), Zâmbia (3,6%) e República do Congo, com 2,6% de produção para a mesma região.

Carvão, hídrica, nuclear e gás/diesel são fontes energéticas da África Austral e, contrariamente à produção térmica, a produção hídrica é considerada fonte ambientalmente mais sustentável da região.

Refira-se, entretanto, que Moçambique é o segundo país em termos de potencial hidroeléctrico, depois do Congo, e o maior produtor do país de energia é a HCB com capacidade de 2075 megawatts.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!