Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Havia pessoas estranhas na cabine do avião do presidente polonês acidentado

Pessoas estranhas à tripulação se encontravam na cabine dos pilotos do avião do presidente polonês Lech Kaczynski antes do aparelho cair, declarou esta quarta-feira, em Moscou, a chefe do comitê de aviação interestatal ao revelar os primeiros resultados da investigação.

“Estabeleceu-se que, na cabine, se encontravam pessoas que não eram membros da tripulação. A voz de uma delas foi identificada. A outra, ou as outras, devem ser ainda identificadas pela parte polonesa”, declarou Tatiana Anodina, chefe dessa organização encarregada de investigar os acidentes de avião nos países que pertenciam à desaparecida URSS.

O representante polonês, Edmund Klich, indicou, por sua parte, que não acredita que a presença dessas pessoas na cabine dos pilotos tenha algo a ver com a catástrofe. “Isso aconteceu entre 16 e 20 minutos antes do impacto. Não creio que isso tenha influenciado de maneira decisiva no desenvolvimento dos acontecimentos, mas trata-se de uma opinião pessoal. Todas as circunstâncias devem ser esclarecidas na investigação”, declarou.

A catástrofe aérea aconteceu em 10 de abril, no oeste da Rússia, e custou a vida dos 96 ocupantes do avião, entre os quais se encontrava o presidente Lech Kaczynski, sua esposa Maria e vários dirigentes políticos e militares poloneses.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!