Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Há mais um projecto de música na praça

Os músicos Rui Martins, Pablo Badenas, Filipinho, Sérgio Muiambo, Rahima e Rita Couto actuaram na sexta-feira (20), num concerto que, tendo decorrido no Teatro Avenida, possibilitou os artistas de apresentarem um novo projecto de música composto por seis membros e chama-se Nhambavale.

De acordo com Sérgio Muiambo, o grupo surge com o propósito de unir os músicos de vários cantos do país, principalmente os que não têm tido “espaço nos palcos”, para criar oportunidades conjuntas de fazer a música. “Eu acredito que juntos podemos sair do anonimato e progredir na música, mas é penoso porque ainda continuaremos a lutar por causa dos espaços e materiais”, afirmou Muiambo lamentando o facto de ainda ser sacrifício fazer arte em Moçambique.

Na verdade esta parceria não só une os artistas, mas torna real, os seus sonhos de subir os palcos e mostrar ao público o seu trabalho. O agrupamento compreende quatro músicos moçambicanos e dois estrangeiros, focalizados na fusão de variados estilos de música clássica.

Refira-se que Nhambavale, como se chama o agrupamento, é nome de uma lagoa que existe nas proximidades do povoado de Xidenguele, na província de Gaza, com 35 quilómetros de extensão de água doce. Nesse sentido, a missão confunde-se com a necessidade de produzir obras que traduzam a doçura da música moçambicana e africana no geral.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!