Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Há falta de 788 mil carteiras escolares em Moçambique

Moçambique precisa de 788 mil carteiras para que milhares de instruendos de diferentes escolas deixem de assistir às aulas sentados no chão ou em tronco de árvores, facto que acontece num país que possui vastas florestais e produz madeira em grandes quantidades e uma parte dela é exportada ilegalmente para fora do país.

O porta-voz do Ministério da Educação (MINED), Eurico Banze, disse que para minimizar a situação alguns estabelecimentos serão apetrechados, até ao fim do presente ano lectivo, com cerca de 124 mil carteiras com vista a melhorar as condições de ensino e aprendizagem e o aproveitamento pedagógico dos alunos.

Relativamente à construção de infra-estruturas, Banze explicou que até Abril passado, foram construídos 841 salas de aulas, número que poderá aumentar para 6.741 instalações erguidas nos últimos três anos.

Entretanto, o porta-voz do MINED reconheceu que as salas de aula edificadas e as carteiras com que as escolas têm sido apetrechadas não resolvem o problema relacionado com a aquisição do conhecimento sentado no chão por partes de milhares de estudantes.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!