Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Há 250 crianças nas ruas da cidade de Maputo

Tende a reduzir o número de crianças que têm a rua como seu abrigo devido a vários problemas que acontecem nas suas famílias, segundo a Associação Meninos de Moçambique, que refere, também, que entre 1998 e 2013 o número desses petizes baixou de 450 para 250 na cidade de Maputo.

O oficial de programas daquela agremiação, Abdul Remane, disse, esta sexta-feira (03), ao @Verdade, que os meninos fogem da casa dos seus pais e/ou encarregados de educação devido à desestruturação familiar, pobreza, influência dos amigos, perda de progenitores por causa do HIV/SIDA, aos maus-tratos, dentre outros.

Entretanto, alguns parentes dessas crianças reunificam-se e os filhos voltam para os seus lares, onde têm reintegração social e vão à escola novamente graças ao trabalho da Associação.

Aliás, algumas famílias, neste momento em número 400, receberem apoio financeiro para o início de pequenos negócios e reabilitação de suas casas e acompanhamento médico diário.

Paralelamente às acções de reintegração de petizes nas famílias, decorrem cursos de formação vocacional nas áreas de carpintaria, serralharia, mecânica, culinária, costura e cabeleireiro com vista a assegurar que os jovens e os próprios meninos cujo domicílio é a rua tenham habilidades profissionais.

Refira-se que a Associação Meninos de Moçambique desenvolve acções de protecção da criança de rua em conflito com a lei, combate ao trabalho infantil, promoção da assistência jurídica, sanitária, dentre outras.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!