Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Guebuza vaticina Moçambique risonho nas mãos da criança

O Presidente da República, Armando Guebuza, vaticinou, Sexta-feira, um futuro risonho para Moçambique, porque, actualmente, as crianças do país cultivam um espírito de paz e solidariedade entre si e para com os outros povos do mundo.

Falando hoje na Praça da Independência em Maputo, durante a campanha “Moçambique pela Paz e Solidariedade no Mundo”, Guebuza disse ser encorajador o facto das crianças e os seus pais manifestarem a vontade de viver num país e mundo em paz.

“Quando o tesouro mais importante que temos, que são as crianças, falam da paz, temos certeza de que o futuro deste país só pode ser risonho”, disse Guebuza, falando minutos após o término de uma marcha pela paz que iniciou na Praça Robert Mugabe, localizada na baixa da capital moçambicana.

Para Guebuza, outro dado importante é o facto das crianças não só falarem de paz em Moçambique, mas também todo o mundo, e expressando sua solidariedade para com os povos vítimas de guerras e calamidades naturais.

“Elas falam da paz em todo o mundo e buscam um exemplo maravilhoso que é do povo japonês que sofreu e continua a sofrer os efeitos do tsunami e do sismo. Também falam do povo irmão da Nova Zelândia, do Brasil e de todo o mundo onde ocorrem calamidades naturais”, disse Guebuza.

Prosseguindo, Guebuza disse que o mundo não precisa de mais guerras e os conflitos armados existentes devem acabar para que as pessoas possam viver em paz e harmonia.

A intervenção de Guebuza marcou o fim da marcha pela paz e solidariedade no mundo, realizada no âmbito da campanha com o mesmo nome, que contou com a participação de milhares de pessoas.

Organizada pelo Gabinete da Primeira-Dama da República em parceria com o Grupo SOICO e a empresa Bang Entretenimento, este evento visa sensibilizar as crianças sobre a importância da paz no país e no mundo, bem como a população moçambicana a prestar solidariedade para com aqueles que perderam seus familiares e bens na sequência das catástrofes naturais ocorridas no, Brasil, Japão e Nova Zelândia.

Falando durante o evento, o embaixador do Japão em Moçambique, Susumo Segawa, agradeceu o povo moçambicano pela solidariedade manifestada e demonstrada para com o povo japonês na sequência do tsunami e sismo que abalaram aquele país asiático em Março passado.

“Também gostaria de transmitir palavras de agradecimento a mensagem do Presidente da República em solidariedade para com o povo japonês”, disse Susumo Segawa, acrescentando que “neste momento, o Japão está a recuperar, com a ajuda da comunidade internacional”.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!