Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Guebuza formaliza sua candidatura

Guebuza formaliza sua candidatura

O Presidente do Partido Frelimo, Armando Guebuza, formalizou hoje, em Maputo, o seu pedido de inscrição como candidato as eleições presidenciais de 28 de Outubro próximo. Assim, Guebuza tornou-se no primeiro candidato as presidenciais a apresentar o pedido junto do Conselho Constitucional (CC).

Entre outros requisitos exigidos por lei, Guebuza conseguiu juntar 296.260 assinaturas reconhecidas pelos serviços notariais. Mas ao CC, a mandatária da candidatura de Guebuza, Verónica Macamo, apresentou apenas 20 mil assinaturas tal como a lei obriga. A candidatura de Guebuza também incluiu o logótipo da Frelimo, Partido no poder, várias certidões tais como a de nascimento, de registo criminal, para além de uma caução de 100 mil Meticais.

O processo foi formalmente recebido, em sede do CC, pelo Presidente deste órgão, Luís António Mondlane. O CC ainda vai verificar se o processo está conforme manda a lei, para depois confirmar se Guebuza reuniu ou não todos os requisitos exigidos por lei, para este fim. Momentos depois desta formalização, Guebuza disse a jornalistas que se for reeleito, para o seu segundo mandato, vai continuar a privilegiar a luta contra a pobreza.

De acordo com ele, a pobreza ainda não acabou, por isso, com mais um mandato, tudo fará para empoderar cada vez mais as populações com instrumentos mínimos capazes de influenciar positivamente a luta contra este mal social no país. Por outro lado, e em relação a inscrição de Armando Guebuza (actual Chefe do Estado), Verónica Macamo disse que pela forma como o processo foi organizado nada mostra que a mesma será inviabilizada. “O processo está bem instruído tal como manda a lei”, vincou ela, que é Vice-Presidente da Assembleia da República (AR), o Parlamento moçambicano.

Quanto ao paradeiro das restantes cerca de 276 mil assinaturas, Macamo disse a jornalistas que estão depositadas na sede do Comité Central da Frelimo. De acordo com ela, este numero recorde de assinaturas é sinal de que as populações confiam na Frelimo e que se identificam com este Partido e seus candidatos em qualquer que seja a batalha.

Por outro lado, Verónica Macamo considerou que esta reacção da população também confere maior responsabilidade ao Partido. Macamo disse ainda que a inscrição das candidaturas pelo Partido para as legislativas poderá ocorrer em Julho próximo, já que os preparativos para tal ainda estão em curso. Na mesma data (28 de Outubro), terão lugar, alem das presidenciais, as eleições legislativas e as primeiras para as Assembleias Provinciais.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!