Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Guebuza comovido com os feitos de Lula da Silva

Guebuza comovido com os feitos de Lula da Silva

O Presidente moçambicano, Armando Guebuza, considera que os feitos do seu homologo brasileiro, Lula da Silva, inspiram superação de obstáculos ao desenvolvimento mesmo aqueles que aparentam ser insuperáveis. “A sua biografia inspira-nos, pois cristaliza a forma como quando se trata de servir o povo se superam obstáculos mesmo aqueles que aparentam ser insuperáveis”, afirmou Guebuza.

Ele falava na noite da ultima terça-feira num banquete de Estado oferecido a Lula da Silva que hoje concluiu uma visita de dois dias a Moçambique, a terceira que ele realiza ao país em oito anos em que esteve a frente da nação brasileira. Lula vai abandonar o poder a 31 de Dezembro próximo.

O reconhecimento de Guebuza pelos feitos de Lula da Silva ficou mais evidenciado quando disse que “expressamos a nossa admiração pela sua trajectória de cidadão, de operário, de sindicalista, de político, de chefe de estado, de ser uma das vozes de grande peso nas discussões sobre temas globais, e de autor de uma obra que elevou o prestigio do Brasil no mundo inteiro”.

Com efeito, as posições que Lula defende e articula são referência nos corredores da diplomacia internacional. Aliás, segundo disse o próprio estadista brasileiro, “depois desta visita a Moçambique vou participar na reunião do G-20, em Seul, onde vou defender boas práticas de cooperação entre os países ricos e os em vias de desenvolvimento”.

O facto de Lula estar a menos de dois meses para deixar o poder levou Guebuza a afirmar que não estamos perante um Presidente “essante” mas sim que se está a retirar e que, no seu lugar, “nos deixa com a Presidente Dilma Rousseff”.

Para Guebuza, Rousseff, tal como Lula, sofreu pelas suas convicções, aquelas de que o povo brasileiro merecia um tratamento mais digno, uma vida mais decente e mais liberdades e direitos.

Sobre a política externa, Guebuza disse que o Presidente Lula se empenhou, durante o seu mandato, em construir ‘pontes’ entre o Brasil e os países em desenvolvimento, um exemplo que Moçambique elogia e é dele beneficiário.

“Hoje, temos mais investimentos públicos e privados brasileiros do que nunca. Hoje, há mais interacção e melhor conhecimento mutuo, entre cidadãos dos nossos países do que no passado”, referiu Guebuza, para, de seguida, frisar que foi sob direcção de Lula da Silva que o Brasil tornou-se num dos grandes parceiros de Moçambique na luta que trava contra a pobreza.

No quadro da visita de Lula a Moçambique ficou mais reforçado o quadro de cooperação em diversas áreas tais como saúde, educação, infra-estruturas, agricultura bem como habitação e urbanização.

Destaque vai para a instalação de um pólo da universidade aberta do Brasil no país; os avanços em torno da instalação da fábrica de antiretrovirais e outros medicamentos, a disponibilização de financiamento para a transformação da base aérea de Nacala em aeroporto comercial, a instalação de um banco de leite humano em Maputo, a requalificação do bairro suburbano de Chamanculo “C”, entre outras iniciativas.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!