Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Brasil vai instalar banco de leite humano em Moçambique

O Governo brasileiro comprometeu-se, última Terça-feira, a implantar em Moçambique um banco de leite humano, num investimento de cerca de 900 mil reais (cerca de 519 mil dólares norte-americanos). Este compromisso foi assumido um pouco depois das conversações “tête-àtête”, ocorridas no Palácio da Ponta Vermelha, em Maputo, entre os presidentes Armando Guebuza e Lula da Silva, este ultimo que encerra hoje a sua visita de dois dias a Moçambique.

 

 

O montante será empregue num período de dois anos, prevendo-se a instalação do banco de leite, dentro do Hospital Central de Maputo (HCM), bem como a aquisição de equipamentos, transferência de tecnologia e capacitação de profissionais. Não foi avançada a data em que este projecto vai arrancar. O Brasil é referência mundial neste tipo de bancos que visam reduzir a mortalidade infantil.

Com efeito, o banco de leite humano promove o aleitamento materno nos casos em que a própria mãe não possa alimentar o recém-nascido. Esta iniciativa brasileira é uma forma de ajudar Moçambique a alcançar os objectivos do desenvolvimento do milénio no tocante a redução da mortalidade infantil, já que o leite materno pode reduzir em 13 por cento as mortes de crianças menores de cinco anos.

Dados em poder da AIM indicam que o Brasil tem a maior e mais complexa rede de bancos de leite humano do mundo, com mais de 190 unidades que atendem anualmente cerca de 100 mil recém-nascidos. A Espanha, por exemplo, implantou um banco de leite em Madrid, a capital, com ferramentas totalmente brasileiras.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!