Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

GSK firma parceria com a Vodafone para aumentar a vacinação infantil em Moçambique

A GlaxoSmithKline (GSK), uma das principais empresas farmacêuticas de investigação e de cuidados de saúde no país, assinou uma parceria com a Vodafone para explorar a tecnologia móvel no sentido de aumentar a vacinação de crianças contra as doenças infecciosas comuns que assolam África, em particular Moçambique.

Apesar dos avanços significativos em fundos e na disponibilidade de vacinas a nível mundial, é estimado que até um quinto das crianças de todo o mundo ainda não recebe as vacinas básicas. A proliferação dos telemóveis em África constitui uma oportunidade para utilizar as tecnologias móveis para ajudar a superar as barreiras para uma vacinação universal, refere um comunicado enviado ao @Verdade.

“A parceria entre as duas empresas irá focar-se inicialmente num projecto de vacinação piloto com a duração de um ano em Moçambique, apoiado pela Save the Children e executado em colaboração com o Ministério da Saúde. Visa aumentar a cobertura da vacinação entre as crianças através do teste de 5-10% de diferentes soluções móveis como as SMS, para encorajar as mães para se deslocarem aos serviços de vacinação, apoiar os funcionários dos cuidados de saúde, melhorar a manutenção de registos e permitir uma gestão melhorada do stock de vacinas”, diz o comunicado.

O projecto-piloto irá testar as tecnologias móveis para aumentar a vacinação em três formas chave: a primeira diz respeito a mães e cuidadores, que serão registadas numa base de dados do Ministério da Saúde moçambique e alertados através de SMS acerca da disponibilidade e importância dos serviços de vacinação capazes de salvar vidas dos seus filhos e poderão marcar a vacinação também via SMS e receber notificações acerca de vacinações anteriores e futuras para garantir que as crianças fiquem totalmente imunizadas.

A segunda está relacionada com os funcionários dos cuidados de saúde, que serão equipados com smartphones especialmente adaptados a tecnologias que lhes permitem contactar as mães, visualizar, registar históricos de vacinação e efectuar relatórios acerca das consultas de seguimento.

A última forma é a das instalações de cuidados de saúde. Serão instadas a reportarem os níveis de stock de vacinas através de SMS, isto irá garantir uma importante gestão da cadeia de abastecimento e a disponibilidade de vacinas onde e quando são necessárias, em particular nas áreas rurais. A GSK é uma empresa de cuidados de saúde global com uma longa história no mundo em desenvolvimento.

As suas vacinas estão incluídas nas campanhas de imunização de 173 países do mundo e das 1,1 biliões de doses de vacinas fornecidas em 2011, 870 milhões de doses (mais de 80%) foram enviadas para serem utilizadas nos países em desenvolvimento.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!