Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Grupo rebelde reivindica ataque a oleduto da Shell

Um grupo rebelde do sul da Nigéria, que se apresentou como o ‘Joint Revolutionary Council’ (JRC), anunciou este domingo que atacou um importante oleoduto da companhia petroleira Shell. A empresa anglo-holandesa informou não ter informações sobre um ataque.

“A força patriótica do Delta do Níger conseguiu deixar fora de funcionamento um oleoduto que pertence a Shell na zona pantanosa de Obunoma”, afirma um comunicado do JRC (Conselho Revolucionario Conjunto).

O grupo informa que o ataque aconteceu no estado de Rivers (Delta do Níger) e que o oleoduto conectava várias estações no terminal de exportação de petróleo de Bonny. “Não temos nenhuma informação sobre um ataque na região”, declarou à AFP o porta-voz da Shell, Precious Okolobo.

No comunicado, o JRC alega que combate com “todos os nacionalistas patriotas do Delta do Níger” para obter “um Delta do Níger livre e independente”. O grupo anuncia ainda que “os combatentes pela liberdade do Delta do Níger decidiram retomar a luta armada”.

Há uma semana, o principal grupo armado da região, o Movimento para a Emancipação do Delta do Níger (MEND) anunciou o fim do cessar-fogo que havia declarado unilateralmente em 25 de outubro.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!