Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Grupo militante da Somália decapita duas polícias

Os militantes do Al Shabaab decapitaram duas polícias somalis, o que levou um policial a matar cinco mulheres ligadas ao grupo que estavam a ser mantidas para uma possível troca de prisioneiros, disse uma autoridade, esta quarta-feira (10).

O polícia matou as mulheres – todas esposas de rebeldes do grupo islâmico somali – depois de descobrir os corpos da sua esposa, que também é policial, e uma colega dela, disse o comissário do distrito de Tayeglow Mohamed Abdallah.

“Queríamos negociar a libertação das polícias somalis, mas, infelizmente, elas foram decapitadas”, afirmou ele. Os corpos das policiais foram encontrados de manhã, depois de elas terem sido sequestradas de suas casas por rebeldes durante a noite.

O governo queria trocar as cinco mulheres em cativeiro pelas duas polícias, disse o comissário. Nem os rebeldes nem os polícias estavam imediatamente disponíveis para comentar o assunto. Tayeglow, que é controlado pelo governo somali, está localizado na região sul de Bakool.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!