Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Governo vai custear despezas de energia nas Rádios Comunitárias

Os governos distritais da província da Zambézia, sobretudo naqueles distritos onde existem rádios comunitárias, doravante passarão a assumir o pagamento de facturas referentes ao consumo da corrente eléctrica nas rádios comunitárias.

A medida visa, por um lado, aliviar os encargos de despesas e, por outro, garantir o funcionamento pleno desses meios de comunicação.

O facto foi anunciado, esta quinta-feira, no município de Gúruè, à margem do decurso do Segundo Conselho Consultivo do Instituto de Comunicação Social alargado aos Coordenadores administrativos e chefes de produção.

Guilherme Sive, Delegado Provincial do Instituto de Comunicação Social da Zambézia, que anunciou esta nova medida, fez saber que o assunto faz parte das decisões da última sessão do governo provincial, e para materializar está em curso o processo de assinatura de memorando de entendimento entre os governos distritais e as rádios comunitárias.

Guilherme Sive explicou que o acto de assinatura, em princípio, devia ter sido concluído, Maio último, mas devido a motivos organizacionais algumas rádios ainda não rubricaram os referidos memorandos com os administradores distritais das zonas onde existem rádios comunitárias.

Esta medida é anunciada numa altura em que num passado recente a rádio comunitária de Morrumbala ficou por 6 dias paralizada na sequência de um corte no fornecimento da corrente, devido a uma dívida com a EDM.

Num outro passo, o delegado do Instituto de Comunicação Social nesta parcela do país, sublinhou que “Como é do conhecimento de todos, as rádios comunitárias funcionam na base de receitas locais, o que torna difícil suportar dispesas, assim, com este apoio do governo, acreditamos que as coisas vão melhorar” – disse a fonte para depois salientar que os referidos memorandos de entendimento preconizam que as rádios comunitárias têm como uma das obrigações divulgar as realizações do governo.

Refira-se que o evento de três dias tem como fortes pontos de agenda, análises das actividades realizadas no primeiro semestre de 2011, planificação das actividades dos próximos anos e reflexão sobre mudanças de carreira, escalão para funcionários do Instituto de Comunicação Social.

Na Zambézia, o Instituto de Comunicação Social conta com 6 rádios comunitárias nomeadamente: RC Morrumbala, Gurué, Alto Molocué, Licungo-Mocuba, Erive-Maganja da Costa e Pebane.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!