Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Governo peruano organiza ponte aérea para retirar 2.000 turistas de Machu

O governo peruano iniciou na segunda-feira a retirada, por helicópteros, dos turistas que estão desde domingo em Aguascalientes, vizinha a Machu Picchu, no sudeste andino, surpreendidos por deslizamentos e cheias de rios causados pela chuva.

Um primeiro grupo de 20 turistas já foi levado a Machu Picchu e a Ollaytantambo, segundo o ministro de Comércio Exterior e Turismo, Martín Pérez. Seis helicópteros foram colocados à disposição. Segundo o Itamaraty, há informações sobre brasileiros entre os retidos na região de Cuzco.

A empresa PeruRail, de capital britânico, operadora da rota entre Cusco e Machu Picchu, informou que a via férrea está interrompida. As chuvas que caem na região desde o final de semana estão sendo consideradas as mais intensas dos últimos 15 anos, segundo os serviços de meteorologia peruanos, e obrigaram o governo a declarar situação de emergência por 60 dias na região de Cusco.

Centenas de caminhões que transportam mercadorias estão parados nas principais estradas do sudeste andino.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!