Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Governo oficial da Líbia bombardeia aeroporto em Trípoli

Os caças do governo da Líbia reconhecido pela comunidade internacional bombardearam, esta quinta-feira (19), o único aeroporto de Trípoli em funcionamento, atrasando assim a partida de uma delegação do Parlamento rival a uma negociação de paz mediada pela Organização das Nações Unidas (ONU), disseram as autoridades.

O ataque contra o aeroporto Matiga, uma base militar utilizada por voos comerciais depois de o principal aeroporto ter sido fechado depois de fortes confrontos em meados do ano passado, danificou a pista, mas os reparos devem ser finalizados ainda nesta quinta-feira, disse um porta-voz do aeroporto.

Não houve relato de vítimas, mas o bombardeio atrasou a partida de uma delegação de Trípoli para o Marrocos, onde está prevista a continuidade de negociações organizadas pela ONU com o objectivo de convencer os lados em disputa a formar um governo nacional.

A Líbia está presa numa disputa de poder entre dois governos e Parlamentos rivais, que lutam pelo controle do país norte africano e seus respectivos recursos petrolíferos. O conflito ocorre quatro anos depois de os rebeldes terem derrubado o autocrata Muammar Khaddafi.

“Os caças conduziram ataques aéreos contra o aeroporto de Matiga hoje cedo, isso danificou a pista”, disse o porta-voz do aeroporto Abdulsalam Buamoud. Ambos lados estão aliados a facções armadas rivais e que têm disputado o território e as instalações de petróleo.

Ao mesmo tempo, os militantes islâmicos têm aproveitado o caos para assumir o controle de áreas do país. A ONU condenou os ataques contra aeroportos em Trípoli e Zintan. O porta-voz da ONU, Samir Ghattas, disse que as negociações no Marrocos, previstas para esta quinta-feira, começariam provavelmente na sexta-feira. As conversas tiveram início em Setembro.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!